sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Sexta-feira - Todo fim é um novo começo

Fala carai. Blz, galera? Eu tô suave, sei que vocês nem perguntaram. Mas... foda-se. O que vocês tão fazendo de bom? Lendo esse blog, se foderam, HUSHUAHUHAUSHA. Pois é, tô eu aqui refletindo, pois toda sexta é o fim de uma semana de aulas, mas não podemos encarar como um preparativo para o começo da outra semana. Hum... interessante. Agora, indo ao assunto principal dessa merda de blog, meu dia foi um cu, BRINKS. Foi legalzinho, como sempre eu tive que acordar cedo pra caralho, é o ciclo da vida de todo gordo se foder. Ai eu cheguei na escola com aquela cara de roupa amarrotada. Fui para a minha exuberante aula de português de grupo. Tive que fazer um puta texto sobre um garoto retardado que colocou uns videos na internet. Ai tive minha aula fodona de português normal, em que eu fiquei refletindo sobre o porque de eu estudar em campos e me foder pra acordar cedo. Ai tive minha tão aguardada aula, sem ironias, de sociologia. O fêssor de sociologia é melhor professor que eu tenho, ele é foda. HUAHUSHUAS. Ai eu dei aquele assassinato na aula de filosofia para jogar bola. Só que como o gordo TEM que se foder, tive que fazer um trabalho pica de biologia, podem rir da minha desgraça. Ai eu terminei esse trabalho e fui ver o pessoal jogando bola, enrolei um pouco e vim embora. Como diria o Gugu, "de volta para minha terra". Esse foi meu dia, seus adolescentes brochas. Abração, Freixo.

Dica de hoje:  Job For A Cowboy, BANDA DE MACHO.

Obs.: Abraço para as bichas do Licurgo, Thomé, Gabriel Caldas e Bruno. Vocês sabem que moram no meu coração, HYUAHSUAHSUHASUUSASHSU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário