quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Ai Galerinha do meu Brasil, baronil *-*. Sem saber o que é essa merda dessa palavra sikgnifica eu to aqui pra explanar como foi a MINHA (LICURGO) quinta. Primeiro queria agradecer elogios e criticas de todos pelo meu 1º post ! obg bãos *-*. Pra começar eu acordei PUTA REVOLTZ com meu pai me chamando, dai tomei café, botei o uniforme de ed fisica e  ajeitei meu cabelinho lindjo *-*. Vim conversando com meu pai no carro sobre futebol mano . Daí cheguei na escola
olhei pro lado, e o nosso querido professor de ed fisica ja se encaminhava com o carrinho com altas bolas de handball e os coletes boladoes. Porra fui mandar um salve para os mano, e vi um maluco regaçando o violão ao lado deles, e depois disso fui brincar de handball. Joguei, fiz 4 gols *--*. Daí tivemos a nossa excitante aula de grupos (Tá nem freixo nem caldas sao dessa aula). Depois dessa aula excitante, descemos as rampas e o bagulho ferveu, maluco, eu achei que eu tava na rocinha em dia de cesta básica mano. Caaaaaaaaaaaaaaaaaaralho bish, só faltava ter alguem com uma lixeira e outras pessoas com aqeles instrumentos rurais, cantando o hino do MST.Depois dessa cena deprimente, catei um dogão, depois catei mais 2 de vez e subimos, o 2º tempo da aula de portugues mano, o bagulho fico tenso. Como sempre a aula é fodastica, mais quando enjoou, comecei a jogar need for speed carbon no celular, e patolla e falar merda.Dai descemos 10 mn e subimos denovo, pra ver koera da aula de Vanice. Ela mando agente terminar o trabalho, pke ela tava cansada, ela explicou que tava viradona, pqe tinha voltado do rio de madruga, tinha defendido a tese e pans.Depois fui conversando com guilherme lá pro Censa, tava nem ai, botei o boné com o cabelo todo despenteado e fui pra lá arrumar um bonde, depois cheguei em casa, e to aqui dinovo. é galera, esse foi o meu dia, TRILEGALS, e eu só postarei denovo 2ª feira, pois eu to virando um menino bom e vou pro JOAM amanhã, bom fds, fiquem com Deus, abraço, Licurgo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário